É UM IMENSO PRAZER COMPARTILHAR IDEIAS, PENSAMENTOS E CONHECIMENTO COM VOCÊ.

Tradutor

Translate

Mostrando postagens com marcador projeto identidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador projeto identidade. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

PROJETO IDENTIDADE: DO COLETIVO AO INDIVIDUAL NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL.

. 
INTRODUÇÃO

Trabalhar com criança pequena requer uma programação voltada para auxiliar ao desenvolvimento natural da mesma. E um período de grandes descobertas e evoluções. A criança descobre os objetos, o espaço, começa a andar, a falar entre tantas outras descobertas. Tem inicio a descoberta de si mesma e de sua autonomia, ou seja, inicia-se a construção da identidade. sendo um processo contínuo de crescimento biopsicossocial, o trabalho voltado para auxiliar a formação da identidade da criança deve ser proposto sem julgamentos, voltado para a exploração positiva de suas características físicas, afetivas e cognitivas. A descoberta do Eu sou... dentro de um contexto de vivencia coletiva.
Com o objetivo de propor vivencias que atendam as necessidades das crianças nesta fase e auxiliem em seu desenvolvimento foi elaborado o Projeto Eu sou..., desenvolvido com crianças de 2 a 3 anos.

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

A proposta de trabalho sugerida tem como base teórica estudos realizados sobre o desenvolvimento da criança e o trabalho em Instituições de Educação Infantil e as vivencias que devem fazer parte nesta fase.
 Bassedas, Huguet e Solé em Aprender e Ensinar Na Educação Infantil afirmam que:
“As experiências que as crianças vivenciam no decorrer dos anos, em todos os contextos (família, escola, entre amigos e amigas), fazem com que elas interiorizem uma imagem e um conhecimento de si mesmas... e ao mesmo tempo, adquiram uma valorização do próprio conceito que é transmitido por pessoas significativas em sua relação diária. Isso representa a autoestima. Uma das características propostas pela criação e educação é que a criança desenvolva uma autoestima adequada (adaptada às próprias características, com importantes doses de valorização positiva, de confiança nas próprias possibilidades, com conhecimento das dificuldades, etc.), já que essa dimensão da identidade pessoal facilita a saúde mental, o êxito escolar e a possibilidade de estabelecer relações socioconstrutivas.”

O referencial Curricular Nacional Para e Educação Infantil, V. 2 propõe que a criança tenha oportunidades de conhecer a si mesma através do conhecimento do seu corpo e das relações sociais que estabelece.
Sendo tão pequena, vivendo em um mundo tão próprio e cheio de descobertas e ao mesmo tempo em um mundo real e social onde seu espaço e todos os objetos são de uso coletivo cabe à Instituição promover vivencias para que a criança desenvolva sua identidade e autonomia. Assim diz o RFNEI, v.2, p.11:
“Saber o que é estável e o que é circunstancial em sua pessoa, conhecer suas características e potencialidades e reconhecer seus limites é central para o desenvolvimento da identidade e conquista da autonomia.”

Considerando os estudos realizados, entendemos como objetivo central deste trabalho as vivencias das quais as crianças participam, onde todas tenham oportunidades de se verem, se observarem, perceberem suas características físicas, falarem do que gostam ou não, brincarem com seu corpo movimentando-o livremente e percebendo seus limites e principalmente suas capacidades. Valorizando a individualidade e o respeito ao outro sem que as características diferentes sejam objeto de julgamentos de valor, e sim reconhecidas como o outro é...
 
Relato da Prática

O RFNEI propõe como objetivos para o trabalho na educação infantil com crianças de zero a três anos no desenvolvimento de sua identidade e autonomia:
RCNEI, v.3:
p.27
·         Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo;
·         Explorar as possibilidades de gestos e ritmos corporais para expressar-se nas brincadeiras e nas demais situações de interação;
p.30
·         Reconhecimento progressivo de segmentos e elementos do próprio corpo por meio da exploração, das brincadeiras, do uso do espelho e da interação com os outros;
 Com estes objetivos em mente e na busca por um ensino de qualidade é que  buscamos propor vivencias onde as crianças se olhem, percebam as possibilidades de expressar-se oralmente e por seus movimentos, descubram suas características físicas, seus desejos e potencialidades. A proposta vem como atividades e brincadeiras sem a pretensão de orientar todos os passos da criança. Feita a proposta permite-se que a criança reaja livremente a elas com a observação.
O trabalho começa com a confecção do crachá com a foto e o nome da criança e dos locais dos seus pertences identificados com nomes e fotos.
Com os crachás fazemos a chamada com dinâmicas onde a criança localiza a sua foto entre todas, pega um crachá , diz o nome de quem é e entrega para o colega que for identificado.
Cantamos a musica cuja letra é “quem chegou ao CEI aqui foi---------, quem ficou muito feliz foi a turma”; a medida que cantamos uma caixa com espelho dentro é aberta e a criança vê sua imagem refletida.
Em parceria com os pais, a história de seus nomes é contada e sua foto de bebê junto com familiares é exposta em painéis na sala.
Na roda cantamos músicas que exploram seus nomes e as partes do corpo.
Realizamos atividades e brincadeiras que exploram os movimentos corporais e os membros do corpo como:
·         Pintura do rosto olhando-se no espelho e auto-retrato do rosto.
·         Ginástica facial;
·         Brincando com as sombras onde as crianças movimentam-se e observam-se através das mesmas.
·         Danças;
·         Identificando a si mesmo e os colegas através da fotografia de parte do corpo.
·         Desenho do corpo e pintura dos mesmos.
 As atividades listadas são algumas das diversas atividades propostas para o desenvolvimento do projeto e embora bem conhecidas, propomos  variações para que as crianças se divirtam e aprendam a se conhecer e também aos seus colegas de forma positiva.
Durante o processo observamos como as crianças se desenvolvem e aprendem sobre si, aceitando e gostando de si mesmas sem julgamento de valor, pois a sua imagem é a SUA imagem e é única e valorosa.
Observamos que uma das crianças, geralmente recusa fazer as atividades mantendo-se mais afastada dos colegas, dentro de seu brincar particular. No entanto ao ver sua sombra explorou diversos movimentos com os braços, com todo o seu corpo e com um lindo sorriso nos lábios. Outra criança também explorou o seu brincar fazendo uso de objetos.
Na proposta de identificar-se pela foto de parte do corpo algumas crianças mostraram uma capacidade de observação fantástica ao identificar-se e aos colegas pelo corpo e pertences pessoais.
Crianças que recusam olhar seu reflexo no espelho no inicio do ano  se observam com um sorriso nos lábios após algum tempo.
Observar estas mudanças positivas no comportamento das crianças em relação a si e as descobertas que fazem de suas potencialidades tornando-se mais autônomas e seguras é certamente um privilégio de quem pode participar de um processo único, pois apesar do coletivo social em que vivemos, este coletivo é composto por seres únicos, com potenciais fantásticos e no inicio da grande descoberta de sua identidade.

Considerações finais

A criança é movimento, é exploração, é descoberta constante. Propor brincadeiras e vivencias onde a criança brinque e tenha a oportunidade de enriquecer o desenvolvimento da identidade de forma positiva   é fundamental para que ela torne-se uma pessoa saudável, autônoma emocional, intelectual e moralmente. Uma pessoa capaz de modificar-se e também ao ambiente em que vive.


Bibliografia

BASSEDAS, Eulália. Aprender e Ensinar na Educação Infantil/ Eulália Bassedas, Teresa Huguet & Isabel Solé. Trad. Cristina Maria de Oliveira. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.
BRASIL. Ministério da Educação.Referêncial Curricular Nacional Para a Educação Infantil.Brasília: MEC/SEF/Coedi. v 1, 2 e 3, 1998.

Autora:
Márcia Cristina  Cuzzuol Vieira da Costa 
Pedagoga Especialista em Educação Infantil - atualmente trabalha como professora em uma creche municipal de São Paulo.



Nos encontre em

Diretório de Blogs 0859442f-81ec-4876-b2eb-427bd1bcdfe8
Tecnologia do Blogger.
 
CANTINHO DO BLOG © Copyright 2012.LAYOUTS E TEMPLATES GRÁTIS PARA BLOGS CLIQUE AQUI