É UM IMENSO PRAZER COMPARTILHAR IDEIAS, PENSAMENTOS E CONHECIMENTO COM VOCÊ.

Tradutor

Translate

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Aprendizagem: PAC

Aprendizagem: PAC

Aprendizagem: Sinais de Dislexia nas diferentes fases da infância e escolarização

Aprendizagem: Sinais de Dislexia nas diferentes fases da infância e escolarização

Aprendizagem: Como conhecer o cérebro dos disléxicos

Aprendizagem: Como conhecer o cérebro dos disléxicos

Aprendizagem: Não consegue lembrar informações? As lateralidades cerebrais podem estar desajustadas.

Aprendizagem: Não consegue lembrar informações? As lateralidades cerebrais podem estar desajustadas.

El Sistema Nervioso (Neurofisiología básica)

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Distúrbio Articulário

Para que a produção dos sons da fala se dê adequadamente, é necessário que o movimento dos órgãos envolvidos ocorra com precisão, velocidade, energia, pressão e coordenação adequada de grupos musculares. Além da integridade física, a integridade neurológica e psicológica são também necessárias para haver um boa articulação.
Caso haja déficit ou inadequação em um ou mais fatores citados acima, teremos a presença de um distúrbio articulatório. Dentro disso, os fatores que podem influencias no desenvolvimento da aquisição fonológica, são:
  • Fatores orgânicos: má-oclusão dentária, malformações congênitas do aparelho fonador, hipoacusias, deficiência intelectual, paralisia facial, afasia, respiração bucal.
  • Fatores funcionais: causas ambientais (falta de estimulação), uso prolongado de chupeta e mamadeira, problemas emocionais, vícios de articulação.
No quadro a seguir, apresentamos os fonemas e sua idade de aquisição.

IDADE                               FONEMAS
18 meses                            b, m
2 anos                               p, t, d, n
2 anos e meio                     k, g, nh
3 anos                               f, v, s, z
3 anos e meio                     x (ch), j (ge-gi)
4 anos                              l, lh, r, rr, arquifonema r e s,      
                                       grupos consonantais r e l
5 anos                              aquisição completa

As alterações mais frequentes são caracterizadas como:
  • Substituição: quando um ou mais fonemas são substituídos por outros. Em geral, uma articulação mais difícil é substituída por uma articulação mais fácil, como por exemplo "taca" para vaca/ "paiedes" para parede.
  • Omissão : quando há ausência da produção de um ou mais fonemas. Exemplo: "ato" para gato/ "pesente" para presente.
  • Distorção: quando a produção de um ou mais fonemas é alterada de modo que a sua resultante seja apenas aproximada do fonema esperado.
O encaminhamento para avaliação fonoaudiológica deve ocorrer:
- quando o padrão articulatório apresentado pela criança não corresponde à sua idade cronológica;
- quando a fala apresenta-se ininteligível devido as trocas, omissões, substituições e distorções;
- quando a criança apresenta pequenas trocas, porém lhe causam grande incômodo;
- quando, por problemas orgânicos como má-oclusão dentária, há alteração do padrão articulatório.

Para que a criança possa se desenvolver adequadamente, ultrapassando cada fase da aquisição normal de fala, é importante que os adultos que a rodeiam tomem alguns cuidados:
  • não imite o falar "errado" da criança, nem peça para repetir a palavra por achá-la "bonita" ou "engraçada", pois o adulto é o modelo que ela seguirá para se corrigir, e a repetição fixará o padrão incorreto;
  • quando a criança cometer um erro articulatório, dê a ela o padrão correto sem repetir o erro (exemplo: se uma criança diz "áua" para água, diga "você quer água?", enfatizando o correto), porém não a corrija excessivamente;
  • não exija da criança uma produção além da esperada para sua idade, respeite a ordem da aquisição fonêmica;
  • propicie o desenvolvimento da fala, deixando que a criança expresse oralmente o que deseja, não a atendendo imediatamente após uma solicitação gestual;
  • não use palavras no diminutivo, pois, por serem semelhantes (terminam com "inho (a)"), dificultam sua memorização.
Dicas de observação do Distúrbio Articulatório

Ao aprender a falar a criança cometerá erros de pronuncia e articulação, pois dessa forma vai se aprimorando até chegar ao modelo adulto de fala. Além do mais, a articulação correta das palavras depende da coordenação dos órgãos fonoarticulatórios e da respiração, o que só ocorrerá com o amadurecimento do sistema. 
Devemos nos preocupar se:
  • aos três anos de idade, a criança apresenta fala ininteligível;
  • após os quatro anos, ainda apresenta trocas articulatórias que já deveriam ter sido superadas;
  • após os cinco anos de idade, ainda apresenta erros articulatórios.

Nos encontre em

Diretório de Blogs 0859442f-81ec-4876-b2eb-427bd1bcdfe8
Tecnologia do Blogger.
 
CANTINHO DO BLOG © Copyright 2012.LAYOUTS E TEMPLATES GRÁTIS PARA BLOGS CLIQUE AQUI